Restaurar Casamento

Não é pequena a quantidade de casamentos que estão caindo aos pedaços. Casamentos que poderiam estar gerando grandes bênçãos ao casal, mas, pelo contrário, só tem gerado pesos, tristezas, dúvidas e ansiedades. Mas a boa notícia é que Deus restaura casamentos.

Aliás, Deus restaura qualquer coisa. Mas, evidentemente, que o casal tem o seu papel a ser cumprido. Deus faz, mas nos usa como cooperadores no propósito Dele. Será que é propósito de Deus que um casamento esteja caindo aos pedaços? Evidentemente que não.

Deus criou o casamento para ser bênção. Assim sendo, cabe ao casal, com a ajuda de Deus, mudar essa situação com ações concretas. Vejamos dez dicas preciosas para restaurar um casamento que está caindo aos pedaços.

Nós gostamos de milagres. Que bom seria se cada situação difícil que passássemos fosse resolvida com um milagre, num passe de mágica!

A má notícia é que a vida não é assim. Seu casamento não irá do dia para noite sair de um casamento caindo aos pedaços para o casamento de seus sonhos. Ele só irá passar por essa transformação caso ações concretas comecem a ser tomadas.

Por isso, a primeira atitude, que vem antes de todas as outras, é ter disposição para agir e buscar essa transformação. O caminho da ação é o caminho onde a transformação irá acontecer. O caminho da não ação é o caminho que fará tudo permanecer como está e, claro, piorar ainda mais. Escolha agir.

Uma das coisas que mais notamos nas ações de Jesus era que Ele, sempre em momentos de grandes decisões ou missões importantes, orava a Deus, separava um tempo precioso para estar com o Pai e orar. Para restaurar um casamento o casal precisa orar.

Comece orando sozinho (a), mas não deixe de dar um passo em direção ao parceiro e propor a oração de forma conjunta dentro da relação. Isso começará a fortalecer o relacionamento, já que Deus é a fonte de todo bem e de toda transformação positiva em nossas vidas.

Um casamento infeliz, com o tempo, leva os cônjuges ao silêncio. O silêncio é também uma forma de se expressar, pois expressa uma certa desistência de lutar por um melhor relacionamento.

O grande mal do silêncio dentro do casamento é que o fato de guardar no coração aquilo que deveria ser falado, discutido, refletido, resolvido, amargura o coração e provoca a cada dia mais distância entre o casal. Dessa forma, procurem conversar para Restaurar Casamento.

Observe bem: é conversar, dialogar, discutir positivamente e não brigar, ofender, não abrir mão de nada, achar que está sempre certo, etc. Um precisa saber o que o outro pensa, o que o outro sente, o que o outro deseja. Isso só pode ser conseguido pela comunicação positiva entre o casal.

Discutir a relação sempre vai revelar dores que estão guardadas, magoas de um com o outro. Isso é comum, pois somos humanos e a nossa especialidade é nos magoarmos. Marido e mulher não são diferentes. Haverá mágoas, haverá situações em que vocês já se machucaram.

E é para essas situações que Deus criou o perdão. Perdoar ou não é uma decisão e não um sentimento. Não perdoar mostra que queremos continuar vivendo no caminho da mágoa, da dor, da tristeza. Perdoar indica que queremos um novo caminho, uma nova oportunidade de viver algo mais abençoado. Por isso, perdoem-se para restaurar a relação e fazê-la crescer abundantemente.

A maior arma de destruição de casamentos é a falta de investimento na relação. No namoro o investimento é sempre alto para conquistar a pessoa amada e mantê-la apaixonada por você. O casal quer ficar muito tempo junto, investe muito nisso.

Mas aí vem o casamento e todos os desafios e os investimentos diminuem. Esse é o erro. Para restaurar seu casamento comecem hoje a planejar tempo juntos. Que tal um cineminha juntos? Um jantar? Uma viagem? Ou, se a grana estiver curta, que tal um passeio em um parque da cidade com direito a um delicioso sorvete ao final do passeio? Ache possibilidades. Ache caminhos para abençoar a relação.

Muitos casais estão com o casamento caindo aos pedaços porque perderam os seus objetivos comuns de vida. Se antes tinham muitos objetivos em comum, agora parece que a vida é uma eterna mesmice, onde a vida não passa de um trabalhar constante para pagar as contas e nada mais.

Para restaurar seu casamento, construam metas juntos, metas que vocês possam perseguir juntos, com o apoio um do outro. Que tal planejar a viagem dos sonhos de vocês e começarem a organizar planilhas para guardar dinheiro, ver quando será, para onde, o que vão precisar para fazer acontecer? Metas em comum acendem a relação e unem o casal ao redor de objetivos abençoados.

O casal pode construir metas juntos para a família, para os filhos, para a aposentadoria, para a vida profissional, para a vida espiritual, etc. Juntos somos mais fortes e vamos mais longe.

Seu marido tem muitos defeitos, isso é uma realidade. E a esposa também tem muitos defeitos, isso é visível. Essa é a grande descoberta do casamento!

Passamos a conviver bem de perto e ver tudo de ruim que a pessoa tem. Um casamento que está caindo aos pedaços enfatiza os erros, os defeitos e outras coisas negativas por meio das críticas constantes. Mas será que seu cônjuge só tem coisas ruins nele?

Não existem coisas positivas? Quem deseja restaurar seu casamento precisa aprender a parar de ser um caçador de coisas ruins do parceiro e buscar ser um caçador de coisas positivas, de pontos elogiáveis. Cace pontos elogiáveis em seu parceiro e elogie-o frequentemente. Isso vai gerar uma atmosfera positiva na relação.

Please follow and like us:
0

Deixe uma resposta